Notícias

Segunda graduação pode turbinar o currículo e abrir portas

publicado em 2 de outubro de 2017

Ter mais de uma faculdade valoriza o profissional, que pode convergir habilidades no trabalho

O sonho de muitos brasileiros é pegar o canudo do Ensino Superior, mas você já pensou na possibilidade de investir em uma segunda graduação? Ter mais de um diploma pode turbinar o currículo, abrir novos campos profissionais, ajudar na recolocação no mercado de trabalho, além de ampliar os conhecimentos.

O baiano de Feira de Santana Eberval Calazans Santos, 41 anos, apostou nisso sem titubear. Formado em Administração em 2014 pela Unidade de Ensino Superior de Feira de Santana (UNEF), Eber, como é conhecido, emendou um curso de Educação Física na Uniasselvi, que deve concluir em 2018. “Educação Física é uma coisa que sempre pratiquei”, conta.

Em ambos os cursos ele teve bolsas de estudos do programa Educa Mais Brasil, sendo 50% na primeira faculdade e 30% na segunda. As vantagens de diversificar as áreas de estudo são sentidas por Eber. Isso agrega qualificação ao seu currículo, destacando-o entre as empresas devido à constante atualização profissional.

Convergência de habilidades
Um profissional com uma segunda graduação pode aproveitar também para combinar as duas áreas. Eber, por exemplo, já começou a atuar na Educação Física, em escolas, academias e estúdios. Além disso, ele presta serviços para academias e estúdios focados na Administração, com palestras e workshops para professores, uma necessidade desses estabelecimentos. “Estão percebendo que administradores e coordenadores conseguem alavancar a receita”.

Concluir esses dois sonhos só foi possível graças às bolsas concedidas pelo Educa Mais Brasil, programa que garante até 70% de descontos em mais de 18 mil instituições de ensino parceiras, da creche à pós-graduação. O curso de Administração, por exemplo, Eber chegou a pensar em trancar logo no primeiro semestre, por não ter condições de arcar com os custos totais. Só mudou de ideia quando o pessoal da UNEF indicou para o programa. “Eu acho que esses descontos são uma mão na roda”, comenta.

Fonte: globo.com